Tel.: (31) 3357-3169 | (31) 99108-8164 | sindimov@sindimov-mg.com.br

Tel.: (31) 3357-3169 | (31) 99108-8164

sindimov@sindimov-mg.com.br

Sede e Fapemig lançam programa Compete Minas

Sede e Fapemig lançam programa Compete Minas

 

Editais no valor de R$ 100 mi promoverão o desenvolvimento de projetos inovadores junto a empresas, cooperativas, startups e universidades

Para incentivar a inovação no Estado e, com isso, agregar valor à produção mineira gerando desenvolvimento econômico e bem estar social, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) e a Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapemig) lançaram hoje o programa Compete Minas.

O objetivo do programa é a promoção da inovação junto às empresas, cooperativas, startups e universidades por meio do lançamento de editais no valor de R$ 100 milhões para o desenvolvimento de projetos de inovação tecnológica. O recurso é dividido em duas linhas de R$ 50 milhões cada.  A primeira, dedicada às empresas que farão a inovação sozinhas. A segunda, para as que farão em parceria com instituições de ciência e tecnologia de Minas Gerais.

Micro e pequenas empresas podem requerer até R$ 200 mil, com contrapartida mínima de 10%. Médias empresas podem conseguir até R$ 1 milhão, com contrapartida mínima de 20%. E as médias-grandes empresas, igual valor, com contrapartida mínima de 50%. O valor será liberado após avaliação de um comitê com membros da academia, do governo estadual e do mercado, que exigirá estudos de viabilidade técnica, econômica e financeira.

A ação contará com um incentivo adicional às propostas relacionadas às plataformas tecnológicas e áreas prioritárias, que são:

  • Agricultura do semiárido mineiro;
  • Agronegócio: cadeia produtiva do azeite, vinho e leite;
  • Cadeia de biocombustíveis;
  • Comunicação 5G;
  • Hidrogênio (H2) como fonte de energia;
  • Energias renováveis;
  • Cadeia produtiva do lítio, nióbio e terras raras;
  • Imunobiológicos e biofármacos e Inteligência artificial e internet das coisas (IoT).

De acordo com o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passsalio, os editais serão trimestrais e as empresas poderão fazer inscrição em apenas uma das linhas. O financiamento por projeto irá variar de R$ 100 mil a R$ 2 milhões.

“O Compete Minas veio para dar um equilíbrio aos recursos investidos pela Fapemig que, tradicionalmente, eram voltados para a pesquisa básica. O programa visa fazer com que esse recurso chegue mais perto do setor produtivo e também de soluções que vão gerar mercado, emprego e renda. É uma forma para que as empresas, independentemente do seu porte, tenham acesso a um recurso carimbado do Estado para terem inovação. Sabemos que a inovação é o caminho para a competitividade, por isso o nome Compete Minas”, explicou Passalio.

Fonte: Diário do Comércio

Mais fotos

Postado em 01.06.2022